quarta-feira, 22 de junho de 2016

Serpentine Gallery 2016


Assim como acontece todos os anos, a Serpentine Gallery, localizada no Hyde Park, Londres, inaugurou nesse mês um pavilhão temporário, sempre projeto de um escritório de arquitetura que ainda não tenha construído no Reino Unido. Desde o ano 2000, os pavilhões já contaram com projetos de arquitetos como Jean Nouvel, Sejima e Nishizawa (SANAA), Rem Koolhaas, Sou Fujimoto e até Oscar Niemeyer (em anos anteriores, quase rolou um projeto do Paulo Mendes da Rocha + Metro).
Nesse ano de 2016, o design ficou por conta do escritório BIG, do dinamarquês Bjarke Ingels. Seguem algumas imagens, registradas pelo sempre competente fotógrafo Iwan Baan.








Nesse ano, diferente dos anteriores, foram desenvolvidos mais quatro pavilhões, de 25, por diferentes escritórios de arquitetura. A nova iniciativa pretende ser fixa, com diferentes temas todos os anos. Veja fotos dos pavilhões abaixo.

Escritório Kunlé Adeyemi (Nigéria)

Escritório Barkow Leibinger (Alemanha/EUA)

Escritório Yona Friedman (Hungria)

Escritório Asif Khan (Inglaterra)

Todas as fotos, e uma bela reportagem sobre os pavilhões podem ser acessados clicando aqui, no site designboom.

Para ler nossa postagem do ano passado, clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário